Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

Para países parceiros

Moçambique: 66 milhões de USD para impulsionar desenvolvimento socioeconómico

Maputo - O Conselho de Administração do Fundo da OPEP para o Desenvolvimento Internacional (OFID), reunido na sua 139ª Sessão, aprovou 13 empréstimos e doações num total de cerca de 66 milhões de USD (dólares norte-americanos) para impulsionar o desenvolvimento socioeconómico em 34 países parceiros.

Os empréstimos, que irão abranger os sectores da agricultura, educação, energia, transporte e abastecimento de água, vão ser aplicados em países como a República Democrática do Congo, Gâmbia, República da Guiné, Mauritânia, Uganda e Zâmbia.

A República Democrática do Congo vai receber cinco milhões de USD para o desenvolvimento do cultivo de arroz em Masina. O valor vai permitir a redução da pobreza e impulsionar a segurança alimentar, através da expansão de uma rede de irrigação e da construção de uma infra-estrutura agrícola. Cerca de 10 milhões de habitantes, residentes nas proximidades da capital Kinshasa, irão beneficiar deste projecto.

O Gâmbia receberá 12 milhões de USD para o projecto da Central Eléctrica de Kotu, que fornece à população, em particular às comunidades não abastecidas, uma fonte de alimentação eléctrica consistente e acessível. Pelo menos 500 mil pessoas irão beneficiar da ampliação da central eléctrica.

No que respeita à República da Guiné, vão ser doados ao país sete milhões de USD para o abastecimento de água em cinco cidades. O montante vai aliviar a pobreza e melhorar as condições de vida de cerca de 63 mil pessoas, através da construção de uma infra-estrutura de abastecimento de água e da instalação de ligações domésticas.

A Mauritânia aplicará os 11,93 milhões de USD no projecto de desenvolvimento da electrificação solar de Aftout Al Chargui, que fornece a cerca de 100 mil habitantes de áreas de pobreza estrema uma fonte de energia segura e acessível.

Ao Uganda vão ser doados 15 milhões de USD para o projecto da estrada Masaka-Bukakara, que inclui a ampliação de uma ligação rodoviária com 40,6 quilómetros, que constitui um dos principais meios de transporte continental no distrito de Kalangala. Este projecto permitirá melhorar o desenvolvimento socioeconómico das áreas servidas aos mercados e às infra-estruturas sociais.

Para a Zâmbia foi aprovada a quantia de 10 milhões de USD, a ser aplicada na construção de três escolas técnicas, que irão oferecer oportunidades de educação superior em três províncias, habitadas por cerca de 850.000 pessoas, nas quais não existem universidades. Os estabelecimentos de ensino estarão localizados em centros industriais e de fabrico, garantindo assim emprego para os alunos formados.

Na mesma reunião, foram igualmente aprovadas sete doações no valor de cinco milhões de USD, uma das quais irá apoiar um programa conjunto com a Agência das Nações Unidas para a SIDA para incentivar actividades relacionadas com o VIH/SIDA em 19 países da América Latina e das regiões do Médio e do Norte de África.

Outra das doações irá co-financiar a Fase VI de um projecto que irá melhorar a assistência a 11 ONG na Palestina. A Welfare Association irá receber uma doação para apoiar um plano de emprego para os jovens na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.

Adicionalmente, um programa de segurança alimentar do International Center for Agricultural Research in the Dry Areas (ICARDA) irá receber uma dotação de fundos para ajudar cerca de 10 mil pessoas que vivem em comunidades rurais no Nepal e no Bangladesh.

Em linha com as actividades de mitigação da pobreza energética da OFID, cerca de 800 mil pessoas irão beneficiar de três doações que irão co-financiar outros projectos, um da Shell Foundation, que irá fornecer energia solar e fogões seguros a lares na Etiópia, Honduras, Quénia, Malawi, Tanzânia, Uganda e Zâmbia; outro da Practical Action, para melhorar o acesso à energia em vilas mal abastecidas no Malawi e um outro da Global Village Energy Partnership, que irá fornecer energia hidráulica a comunidades em Nyundo, Ruanda.

Desde a sua criação, o OFID já contribuiu com mais de 14,1 mil milhões de USD no desenvolvimento de concessões de grande necessidade, financiando 132 países em desenvolvimento em todo o mundo, sendo dada prioridade aos países mais pobres.

(c) PNN Portuguese News Network

2012-06-20 15:42:45

MAIS ARTIGOS...
  SE da CPLP recebe Presidentes dos Supremos Tribunais de Portugal e de São Tomé e Príncipe
  Carlos Lopes integra lista de fim de ano dos mais influentes
  Prémio Shakarov: Médico congolês denuncia violação como arma de guerra
  França: Frente Nacional pediu empréstimo a banco russo
  Parlamento de Moçambique chumba proposta da Renamo
  Milionário russo procurado pela Interpol
  Espanha: Ministra da Saúde apresenta a demissão
  Cabo Verde: UCCLA promove iniciativa de apoio à população de Chã das Caldeiras
  «Afectos com Letras» envia oito toneladas de medicamentos para a Guiné-Bissau
  Conselho de Segurança estende mandato do UNIOGBIS por três meses
  Ministro da Defesa de Portugal termina visita a Timor-Leste
  Espanha: Artur Mas defende eleições antecipadas

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


Hospedagem de Sites Low CostJornal Digital Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Timor Leste Cabo Verde Maputo Digital
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais Banners